Programação MN


Follow by Email

quarta-feira, abril 10

[concerto duplo] DIVA + MATTHEWDAVID (electro-pop, ambient, electronica)


quinta, 11 abril '13
concerto duplo > electro-pop, electronica, ambient > auditório > 23h30 > €4 reserva, €5 na porta > reservas para mercadonegro.reservas@gmail.com

o MN, o bolachas.org e a Cakes and Tapes apresentam:

DIVA [usa | critical heights]

Poucos deverão lembrar-se dos BlackBlack, nem sequer a questão será relevante. Contudo, é uma referência interessante para perceber de onde veio e para vai Diva Dompé. Da noise-pop dos primeiros tempos até ao maravilhoso vórtex electro de agora, fica a breve passagem pelas Pocahaunted, facção seminal da melhor colheita da editora Not Not Fun.

A solo parece ter aplicado estas e outras experiências à sua abordagem actual. Contos oníricos entrelaçados a paisagens desconcertantes que Terry Gilliam certamente não desdenharia. A convivência permanente entre o bizarro e o adorável desemboca, estética e idealmente, nas canções criadas por Diva.

Pairando num tempo dúbio e recorrendo aos triunfos da baixa fidelidade, o mais recente ‘Moon Moods’ respira dessa névoa enigmática, adensada pelos mantras dos sintetizadores. Paisagens espaciais onde os planetas se assemelham a bolas de espelho e as estrelas brilham certamente com maior intensidade.
- NA/Galeria Zé dos Bois


soundcloud
ler mais

<><><><><><><><>

MATTHEWDAVID [usa | brainfeeder, leaving records]

Sem aparatos de maior, Matthewdavid tem vindo a consolidar nome na electrónica de vistas largas. A blogosfera mais atenta há muito que percebeu o potencial deste jovem produtor norte-americano, que lançou fortes cartadas em casas como a Stones Throw e Brainfeeder (do mago Flying Lotus) ou ainda na plataforma dublab. Uma visão holística do diálogo electro-acústico não distante daquela cultivada pelos Lucky Dragons que sabe igualmente tomar corpo ora no hip hop mais atmosférico, ora na pop de perfil retro-futurista.

Fluidez seja talvez a expressão-chave para definir o que se escuta no seu trabalho. O ritmo surge no centro de tudo e guia-se por essa característica aquosa de percorrer inclusive géneros menos expectáveis como a disco. Uma figura suis generis, felizmente de difícil descrição, que reúne tudo aquilo (ou quase tudo) que um melómano pode sonhar. Ser cool sem ceder a modas é assunto sério.
- NA/Galeria Zé dos Bois


soundcloud
ler mais

links:
evento facebook
stream: Diva - Moon Moods LP

Sem comentários: